O objetivo foi criar um prêmio que pudesse concorrer com a Casa Feliz, atuante no estado de Santa Catarina há 10 anos. Com mais de 250.000 cartelas vendidas por mês, o concorrente já era totalmente consolidado. A BZZ enfrentou o desafio e, já no primeiro ano, as vendas das cartelas foram igualadas. No segundo ano, o número chegou a 300.000 cartelas vendidas por mês. E assim, o Prêmio do Rei se tornou a maior premiação de Santa Catarina e o maior anunciante em Santa Catarina.

Prêmio do Rei

NÃO SE FAZ MAIS PROPAGANDA

COMO ANTIGAMENTE. AINDA BEM.